• Moda / Vamos Conversar?

    Crise de estilo e os 20 e poucos anos

    estilo-jovem

    Dia desses eu estava conversando com uma amiga e ela me falava o quanto tem percebido que seu estilo e suas preferências na hora de se vestir estavam mudando desde que ela completou 20 e poucos anos. Uma sensação como se ela estivesse amadurecendo não apenas como pessoa, mas também em suas roupas. Concordei com ela, já que eu também passei por isso.

    Sempre falo que estilo é uma expressão da nossa personalidade, uma demonstração de quem somos. Dificilmente alguém terá um estilo que não se encaixe com seu jeito de ser ou de viver. E como nós somos seres dinâmicos, estamos em constante evolução e mudança. Mudanças essas que podem sim afetar nosso estilo, já que nos atravessam como pessoa. Uma mulher de 15 anos terá prioridades ao se vestir diferentes de quando estiver com 35, por exemplo.

    Ao completar 20 anos de idade eu comecei a não me reconhecer tanto em algumas roupas minhas (pareciam floridas e rosa demais pra imagem que eu queria passar). Eu não era mais uma adolescente mas também não estava super adulta ainda, então como me vestir para a mulher que eu estava me tornando?

    A vida vai mudando, a gente entra na faculdade, ingressa no mercado de trabalho, as demandas mudam. Não queremos parecer adolescente sempre mas também não queremos ficar com cara de senhorinha. Eu achava que era doideira da minha cabeça, mas depois entendi que faz sentido, afinal é uma fase de mudanças e as mudanças podem interferir no nosso estilo também, afinal ele é um reflexo de quem somos por dentro.

    Esse texto é mais uma tentativa de trazer alento e mostrar que tá tudo bem o seu estilo mudar ou você não se reconhecer mais no guarda roupas que tem. A gente muda, a vida muda, nossas prioridades mudam. As pessoas casam, mudam de um emprego formal pra um informal (ou vice-versa), mudam de cidade, tem filhos, entram na facul, saem da facul, vão pro mestrado, vão dar aula, são promovidas (ou não!), se separam, abrem um negócio, e tudo isso exige uma imagem que nos comunique e se adeque a esse momento, e é aí que nosso estilo vai se transformando e se adaptando, ou RE-adaptando.

    Essa é a hora de pararmos e pensar: O que eu quero passar nesse momento da minha vida? Quem eu quero ser? O que eu quero falar pro mundo com minha imagem e através das minhas roupas? Antes de qualquer coisa, as respostas a essas perguntas podem te ajudar, te dar um direcionamento e te ajudar a entender quais são suas prioridades do momento e no que investir.

    Não precisa se sentir mal ao ver que seu estilo está mudando. Nosso estilo também “amadurece” junto com a gente. Se antes você era mais romântica e hoje tem se percebido gostando de elementos mais sensuais no vestir, tá tudo bem! É sinal de que você tem mudado. Se antes você era mega colorida e estampada e hoje tá numa vibe mais minimalista, tudo bem também.

    A gente muda, nosso pensamento muda, nossas prioridades também, por que nosso estilo não mudaria?!

    Na próxima semana eu trarei dicas práticas de como deixar o look mais “adulto”, mas enquanto isso, diz pra mim: você tem percebido essa mudança em você? Já passou por alguma fase da sua vida em que não se reconheceu nas próprias roupas? O que você fez?  🙂

     

    estilo

    Share
  • Você também pode gostar de:

    No Comments

    Comenta aí! ;)