Dicas | Moda

Como trabalhar no verão sem derreter

By on 24 de janeiro de 2018
look-verão-trabalho

Verão combina com praia, sombra e água fresca, não é mesmo?! Mas a realidade é dura e nem sempre nos permite isso. Sair no calor é desanimador de todas as formas, e pode transformar o ato de se vestir pra o trabalho em uma ação um tanto desafiadora. Afinal a vontade é de ir trabalhar de shortinho jeans e regata, mas não pode, né?! Por isso vim dar algumas dicas de como se vestir para trabalhar nesse calor sem derreter.

Preste atenção no tecido que está vestindo!

É bem importante verificar a composição dos tecidos. Em geral, os ideais para se usar no verão são os naturais (algodão, seda e linho), ou mistos (com porcentagem maior dos naturais), pois permitem que o corpo respire. Os tecidos de fibras sintéticas (poliéster, poliamida, microfibras) geralmente impedem a transpiração, o que facilita o mau cheiro e  aumenta a sensação de calor.

look-verão
Paula Martins | Jojo Moura | Pinterest

Mesmo camisas podem ser fresquinhas se forem de tecidos naturais, e é uma ótima alternativa trocar a calça jeans ou de microfibras por uma calça de linho, que é bem mais leve e é de fibra natural.

Observe a cor!

Roupas de cores mais claras – como branco, off-white, amarelo claro, salmão – dão uma sensação de maior frescor e leveza. Cores mais escuras – como preto, cinza, azul marinho – absorvem mais o calor, deixando a sensação térmica maior.

look-verão

Varie os modelos das calças

Em vez de só usar calça jeans ou de microfibra, que tal investir em Pantalonas, Pantacourts ou calças Pijama? Elas podem fazer look bem office e ainda assim te deixar fresquinha. Pantalonas em geral são de tecidos mais leves e como são mais soltas o ar circula entre elas, as pantacourts são como pantalonas porém mais curtas e mais moderninhas, e as calças pijama geralmente também são mais leves e soltinhas no corpo – não ficam apertando nem agarrando na perna. As calças pijama são um pouco mais descontraídas, então se o ambiente de trabalho for mais formal é bom evitá-las.

look-pantalona

Pinterest | Style Pantry | Andrea Rudge

pantacourt-verão
Mari Flor da Rosa | Pinterest
calça-pijama
Eu! 😀 Essa calça pijama é bem confortável para dias de maior calor. Se o trabalho for mais formal é bom evitar muitas estampas, e optar pelos modelos mais lisos.

Bote as perninhas pra jogo (com moderação, afinal é look trabalho)!

Nesses dias de muito calor vale trocar a calça comprida pelas saias e vestidos. O ideal são os modelos mais retos e um pouquinho abaixo do joelho e que não marquem nem modelem muito o corpo (deixe isso pra outras ocasiões! 😉 ) As saias longas também são uma boa pedida, já que geralmente são de tecidos mais fluidos e leves. Mais uma vez eu falo: é bom ficar atenta às estampas! Em ambientes de trabalho onde o Dress Code seja mais formal é bom evitar muitas estampas, cores fortes e modelos de roupas mais descontraídos.

vestido-verão

saia-look-verão

Vale ainda lembrar que nesse calor ninguém merece colar agarrando no pescoço, né?! É válido trocar o colar por brincos mais próximos à orelha e anéis, que incomodam menos no calor.

Lembre-se que é bom ter cuidado sempre com a escolha do look para o trabalho. Mesmo em ambientes mais informais ainda é trabalho, então não “pode tudo” não, viu?! 

Mas e aí, como você tem sobrevivido ao calor? Tem alguma dica a mais para a gente não derreter nesse verão?    

 

Veja Também:

Share

Moda

4 formas de reaproveitar o look do ano novo

By on 10 de janeiro de 2018
look-ano-novo

Passou o natal, passou o ano novo, voltamos à realidade, e muita gente fica sem saber como reutilizar o look das festas – principalmente os do ano novo – sem parecer que tá indo pra um réveillon fora de época ou pular as sete ondinhas (risos).

Muita gente opta por usar o branco na passagem de ano e depois acaba sem saber como levá-lo para o dia a dia, mas ele pode ser um super aliado nesse verão que já chegou chegando (principalmente no Rildijaneiro), por ser um tom claro e geralmente fresquinho, além do branco trazer um toque de elegância às produções.

1. Use e abuse dos acessórios

A primeira dica pra tirar o look branco do óbvio e da cara de “ano novo” é abusando dos acessórios, e vale sapato colorido, bolsa com cor forte, chapéu, estampa, animal print, tudo aquilo que for “dividir” a atenção e “desviar” um pouco o olhar do branco. look ano novo

2. Se joga nas tendências

tendencia-de-moda

Uma alternativa pra deixar o look mais interessante é adicionar algo que seja tendência, como nesse look, onde foi usada a estampa Vichy – forte tendência dessa temporada – ou ainda como nesse abaixo com o oxford metalizado e óculos espelhado. Não ficou um arraso?! 😍

metalizado

3. Vai de tênis!

O tênis exerce um contraponto super legal em looks com peças mais elaboradas e tecidos mais nobres. Ele traz um ar cool e moderno ao visual e é super usado por fashionistas, além de ser super confortável – ideal para o dia a dia. Ele pode ser usado com vestido curto ou longo, com macaquinhos, macacões, saias – curtas ou longas, e o que mais a sua criatividade permitir.look-tenis

Quem não curtir o tênis mais esportivo, pode optar pelo oxford, que já “quebra” um pouco a peça mais nobre e transmite modernidade. O ar um pouco mais masculino do oxford também gera um contraponto legal com o visual branco e tira o look do “óbvio”. oxford

4. Aposte no Hi-Lo

Vez ou outra eu falo por aqui do Hi-Lo, mas é porque eu acho um truque de styling fantástico e mega criativo. O Hi-Lo (high-low) consiste em unir peças de universos opostos em um mesmo look, podendo ser peças mais caras com peças mais baratas, malha com seda, peça originariamente feminina com peça masculina, peça formal com informal. Enfim, peças que tenham mensagens opostas mas coordenadas de forma harmônica e com propósito.look-ano-novoVale pegar o vestidão de tecido fino e usar com rasteira ou com tênis, misturar peça metalizada com moletom, saia chique com t-shirt, misturar algo mais fino com jeans, é só usar a criatividade!

saia-midi

Viu como dá pra usar a roupa do ano novo o ano todo sem ficar caricata? É só usar a criatividade e ousar um pouquinho 💓

 

 

Veja Também:

Share

Moda | Vamos Conversar?

Como arrasar no natal sem precisar comprar roupa nova

By on 14 de dezembro de 2017
Como-arrasar-no-NATAL

Natal é aquela época que todo mundo se preocupa em estar bem vestido – mesmo que seja só pra ficar sentado no sofá da sala. Uma época que deveria priorizar o amor e a paz se tornou uma época estressante (experimenta ir no shopping no dia 24 pra você ver o estresse que é!) e com um apelo enorme ao consumismo. “Precisamos” comprar presentes para parentes e amigos como prova de que não os esquecemos, “precisamos” ter roupa nova pra passar a noite de natal, mas pera aí, precisamos mesmo? Nesse ritmo “natalino” muita gente sai comprando por impulso, sem pensar que em janeiro a fatura chega, estoura o cartão de crédito, compra coisas impensadas e roupas que só usarão uma noite e depois ‘encalharão’ no armário.

Por que precisa ser assim? Por que a gente não faz o propósito dessa época ser maior do que o consumismo? Que tal pensarmos em 3 formas práticas de gastar menos com roupa nessa época?

1 – Use o que já tem

Quando a gente fala de usar o que já se tem muita gente torce o nariz, mas nossas roupas podem ser usadas de n formas sim, basta a gente usar a criatividade. Existem muitas formas de mudar a cara de uma mesma peça, seja usando de uma maneira diferente da que costumeiramente usamos, seja adicionando acessórios, colocando uma terceira peça.

Olha quantos looks diferentes eu consegui fazer com essa pantacourt vinho (fora os que usei e não fotografei). Tem look mais dia, look mais sério, tudo depende da forma como a gente coordena a peça.

Essa calça de animal print usei em uma ocasião mais “arrumadinha” com o blazer preto e  sapato de salto, mas pra uma “andada no shopping” usei com o oxford e a camisa jeans. A calça branca usei em dois momentos mais elegantes, mas ainda assim, em cada look com uma proposta.

O short foi usado com a mesma blusa branca que usei no look com a pantacourt vinho e também casou bem com a blusa de listras que usei em uma outra ocasião nesse último look.

Essas fotos são pra mostrar como nossas peças podem render looks variados, para ocasiões diversas. Talvez você tenha aí um vestido super legal ou uma calça maneirona, então porque não aproveitá-los e usar de uma forma diferente nesse natal? Experimenta sair da zona de conforto e usar de um jeito diferente ou com outras peças o que você já tem. Sabe aquela sua peça favorita? Já que é a favorita por que não usá-la em um dia tão especial como o natal?! Usa mesmo!

2- Compre algo que vá usar depois

Tudo bem comprar algo novo, mas tente comprar algo que você vá usar em outros momentos, em outras ocasiões. Às vezes a gente compra uma roupa (geralmente roupa de festa) pra uma ocasião específica, mas ela não tem muito a ver com nosso contexto de vida ou não é muito prática e acaba ficando um tempão parada no armário esperando o dia que será usada novamente. Por isso, antes de comprar já imagine em qual outra situação você poderá usá-la novamente, com quais outras peças você poderá coordená-la. Ah! E evite comprar peças que precisem de complementos que você não tenha, como um vestido que não combine com nenhum sapato que você tenha e te obrigue a comprar um sapato novo só pra usar com ele.

A galera do Steal The Look montou alguns looks que podem ser usados no natal/ano novo e mostrou como eles poderiam ser usados depois, no dia a dia. É uma forma legal de visualizarmos como podemos usar a peça em um momento e depois usá-la em outras ocasiões, mudando apenas os complementos.

look natal

Viu só como dá pra “adaptar” as peças e usá-las depois? Assim você não fica com peças paradas no armário esperando momentos que você nem sabe quando serão…

3 – Troque ou pegue emprestado

Sabe aquela amiga que tem um vestido que você acha um arraso? Ou ainda uma tia que tem um sapato baphônico? Uma alternativa pra quem não quer gastar dinheiro mas também já cansou do que tem, é trocar com amigas, pegar emprestado ou ainda alugar. Por que ao invés de comprar mais uma peça você não pega emprestado para usar nessas datas? Ou faz uma troca com as amigas?

Esse vestido eu usei no ano passado em um casamento e foi emprestado de uma amiga. Além dele eu já usei muitas peças emprestadas. Usei, arrasei na festa e depois devolvi pra dona feliz da vida! Assim a gente não precisa comprar algo novo e ainda usa algo diferente do que já tem no armário.

Há ainda os “armários compartilhados” e lojas que alugam roupas pro dia a dia (falarei disso em breve aqui!). São lojas onde você pode alugar roupas e ficar um período com elas, ou pode ainda fazer uma assinatura mensal e ter direito a uma quantidade de peças por mês. É uma forma de ter peças diferentes por um valor bem menor e sem precisar comprá-las.

Viu só como é possível fugir da gastação do final de ano? Dá pra gente levar essa época de forma mais leve e curtir o que realmente interessa, sem neura de ter que usar roupa nova. Em vez de roupa nova, que tal look novo (um look ainda que com peças antigas mas usadas de outra forma, formando um ‘look novo’)? Como dizem as meninas da Oficina de Estilo: mais importante que a roupa, é a vida que se vive dentro dela. Então bora viver! ♥

 

 

Veja Também:

Share

Moda | Vamos Conversar?

Sobre mudar a rota e empreender aos 24 anos

By on 27 de novembro de 2017
empreender

Eu não planejava ser empreendedora. Cursei faculdade de Serviço Social – onde aprendi muito e formei muito do que penso hoje (obrigada, UFF <3) – mas lá no fundo tinha algo faltando, faltava uma dose de cor e criatividade nos meus dias, na minha profissão. Eu sempre amei moda, mas era um amor meio platônico, uma admiração meio secreta, nunca imaginei como algo possível pra mim. Em 2013, em meio a um momento mega difícil, comecei a ler tudo o que podia sobre moda, pesquisar mais e me encantei com a área da Consultoria de Estilo, mas parecia algo tão distante da minha realidade… até que no ano passado, tive a oportunidade de fazer o curso e me formar em Consultoria de Estilo – na mesma época que eu estava me formando na facul de serviço social.

Sabe quando você encontra uma pessoa e tem a impressão de que já a conhece há muito tempo? Foi assim com a consultoria, parecia que eu havia nascido para aquilo. Mas a gente às vezes tem a mania ~boba~ de achar que algo é tão maravilhoso que não é pra gente, e mesmo estando formada eu achava que essa área não era pra mim.

Afinal, estava saindo de uma faculdade, como iria abrir mão de tudo – principalmente dos 5 anos de estudo – para seguir uma outra coisa? 

Eu não tinha um “patrocínio”, não tinha quem me assegurasse de que se não desse certo teria outra saída, não tinha um “plano B”, era ir e pronto. E eu fui. No começo do ano, decidi que iria dar uma chance para a Moda. Logo em fevereiro, eu e 3 consultoras de estilo criamos um coletivo ( Coletivo Soma  ) onde a proposta é prestar consultoria de estilo, além de palestras, workshops e cursos, através da ótica de 4 profissionais. Tem sido uma experiência enriquecedora. Também trabalhei com produção de moda em alguns backstages de desfiles e criei minha marca de acessórios, além do trabalho como consultora de estilo, é claro.

Ser Consultora de Estilo é ser Empreendedora. E engana-se quem pensa que é fácil ser seu próprio patrão, exige muita disciplina e foco. Empreender não é fácil, já perdi a conta de quantas vezes quis desistir (várias vezes num mesmo dia), é quase um ato de resistência, resiliência e coragem. Tem horas que dá medo, tem horas que a gente não enxerga nada a frente, tem horas que nos sentimos mega sozinhas, sem falar das horas que nos questionamos se realmente é esse o caminho.

Não foi fácil terminar a faculdade e decidir seguir outro caminho. A gente vive numa sociedade onde nos é exigido que saiamos do ensino médio com toda a vida traçada e decidida, aos 25 já querem que estejamos no mestrado, com um apartamento financiado e dirigindo nosso próprio carro, de quebra. Mas a vida tem suas surpresas, suas dinâmicas e a pessoinha que éramos aos 17 anos quando saímos do ensino médio não é mais a mesma quando completa seus 20 e poucos anos. A gente muda, a vida muda, nossos desejos mudam também, e tá tudo bem. Tá tudo bem você não querer seguir a mesma carreira dos seus pais, tá tudo bem você ter 23 anos e ainda não ter se decidido quanto a faculdade, tá tudo bem ficar meio confuso e perdido sobre a vida, às vezes (afinal, tem alguém aí que não está perdido?!). 

consultoria de estilo
A qualidade tá péssima, mas sou eu falando no Workshop de Estilo do Coletivo <3

Eu não encaro como perda de tempo os anos que passei na facul, ao contrário, tive momentos maravilhosos, conheci pessoas incríveis e aprendi muito. Aprendi a ser mais questionadora, a ter uma visão mais crítica, aprendi a pensar mais no outro, a questionar esse capitalismo selvagem, e tantas outras coisas que tem me ajudado a encontrar meu caminho na moda – seja através do consumo consciente, da luta contra o trabalho escravo ou do cuidado com o outro na consultoria de estilo. Todas as nossas experiências agregam, somam, nos fazem crescer. Nada é em vão ou desperdício.

Todo esse textão é pra contar que não é fácil abrir mão de uma carreira, de uma profissão, principalmente se você não tem uma família com grana que segure as pontas (como no meu caso), não é fácil se arriscar. É muito suor, muita luta, muita oração pra gente conseguir forças pra continuar. Mas tudo isso vale a pena quando a gente faz o que ama, quando a gente faz com um propósito, quando a gente luta por algo mais que só dinheiro. É choro, é lágrima, é suor, é medo (põe medo nisso!), é crise, mas também é sorriso, é completude, é realização, é superação. É isso! Empreender é superação. Superação dos medos, das dúvidas, dos “e se…? (“e se não der certo?” “e se não rolar?”, “e se eu perder?”), superação de nós mesmos. Empreender é pensar em desistir mil vezes ao dia, mas respirar fundo e tentar mais uma vez. Uma vez vai. E dá certo, e a gente consegue! É só tentar mais um pouquinho! <3

Tá com medo de arriscar? Não tá feliz na área que tá? Tá insatisfeito com a facul ou com o trabalho? Não tenha medo de mudar e de se reinventar, se for preciso. A vida é feita de recomeços. Tá tudo bem querer mudar a rota de vez em quando. ❤empreendedorismo

 

 

 

 

Veja Também:

Share

Moda

Como potencializar o shortinho jeans

By on 18 de outubro de 2017

Aqui no Rio de Janeiro não tem jeito, chega o verão, com aquele sol lindo de rachar e a gente corre logo pro combo regatinha + short jeans. E não tem nada mais básico, prático e fresquinho, né?!

Mas, como eu sempre proponho aqui sairmos do básico, e se a gente der uma potencializada nos looks com o shortinho? Que tal fugir do tradicional short – sandália rasteira -blusinha branca, e criar looks menos básicos, por assim dizer?

Separei 4 formas de variar os looks com o bom  e velho short jeans. Vem ver!

1- Criando um Mix de Estampas

kimono

Muita gente tem medo do tal mix de estampas, mas esse da foto é bem simples: misturei as listras bem fininhas da blusa com a estampa geométrica do kimono (que já apareceu aqui e aqui). E a dica pra quem tem medo de ousar no mix é: colocar uma estampa menor com uma maior e dar preferência à estampas com as mesmas cores, ou os mesmos tons. Pra quem quer começar, a listra é uma das estampas mais fáceis de combinar, ela fica legal com estampa de poá, com floral, com listras maiores, com xadrez. O mix de estampas dá aquela interessância ao look e traz um quê a mais de criatividade. 

short jeans
Perceba como o cinto dá aquela arrematada no look e é mais uma informação 😉

2- Terceira Peça

Já  falei aqui no blog sobre o poder da terceira peça e vez ou outra repito lá no instagram, e ela realmente tem o poder de deixar o visual completamente diferente. E é por isso que a outra alternativa para tirar o look com o short jeans do óbvio é jogando uma terceira peça por cima.

colete

Aqui eu resolvi colocar um colete (que era uma jaqueta desde a minha época de pré-adolescente, mas depois de um tempo enjoei e cortei as mangas 😀 ), mas você pode adicionar um blazer, um colete jeans, um kimono, um lenço, o que mais a sua criatividade permitir. A terceira peça traz aquele algo a mais para um look que poderia ser só uma blusinha e um short.

short jeans

3- Maxi acessório

maxi colar

Nesse look a proposta é adicionar um maxi acessório, e eu coloquei um maxi colar, mas poderia ser um maxi brinco, um lenço, um bandana presinha no pescoço, um cinto com alguma informação legal, e por aí vai. O maxi acessório, por vezes, pode funcionar como uma terceira peça, agregando mais informação ao look.

short jeans

Repare que nesse look eu me rendi à blusinha branca, mas não é uma simples “brusinha”, ela é de um tecido mais fino, tipo seda, um pouquinho mais formal e delicado do que se fosse malha, por exemplo. Essa também é uma forma diferente de usar o short jeans: coordenando-o com uma blusa mais fina ou até uma camisa de botão com as mangas dobradas, o que tira um pouco a informalidade do jeans, equilibrando mais o look e trazendo aquele ar hi-lo (quando misturamos peças mais sérias ou caras com outras mais podrinhas ou baratinhas). 

4- Look All Jeans

Já que é pra usar jeans que tal o look all jeans?

jeans

Muita gente ainda tem medo de usar jeans no look todo, mas o jeans com jeans pode ficar muito interessante sim, é só coordenar com acessórios e optar por lavagens e tons diferentes. Nesse look eu coloquei o short jeans com essa camisa jeans sem mangas (ideal para o verão mesmo!) e usei o mocassim metalizado pra trazer aquele ar de modernidade ao visual.

estilo

Viu como a gente pode variar e sair daquele lugar comum ao qual estamos sempre acostumadas?! Sempre existe uma forma diferente, criativa e interessante de usar uma mesma peça, é só exercitarmos um pouquinho mais da nossa criatividade e ousar também. Às vezes a gente fica meio enjoada das roupas que tem, mas por que não tentar olhar para elas com um novo olhar? Por que não pensar em novas possibilidades? Você vai perceber que não só o bom e velho shortinho jeans, mas como tantas outras peças do seu armário, podem lhe render vários novos looks.

Por aqui, no blog, tem vários posts onde mostro formas variadas de usar uma mesma peça, que tal se inspirar um pouquinho?!

moda

E aí, pronta pra resgatar o shortinho jeans e montar altos looks com ele nesse verãozão?! 😉

Veja Também:

Share