• Vamos Conversar?

    Coisas que você não deveria falar para si mesma

    coisas-nao-falar
    Você diria pra sua melhor amiga que ela é ridícula e que nada vai dar certo pra ela? Ou então diria que tudo o que ela faz dá errado, que ela não presta e é uma farsa? Colocaria sua amiga pra baixo toda vez que a visse?
    Acho que não, né?! Geralmente procuramos sempre enxergar o melhor nos nossos amigos e amados, os incentivamos, motivamos e apoiamos em seus projetos (por mais loucos que pareçam) e sempre reafirmamos suas qualidades.
    Mas quando o assunto é a gente com a gente mesma a coisa muda, né?! Nos depreciamos, nos colocamos pra baixo, só enxergamos defeitos (até criamos alguns). Somos nossos próprios algozes, nossos maiores críticos, nossos maiores boicotadores e sabotadores.
    Fazemos tudo pelos outros, nos desdobramos em mil pela amiga, pela mãe, aconselhamos, acalentamos, relevamos e compreendemos. Mas e quando é com a gente? A gente se ouve da mesma forma que ouve os outros? A gente se compreende como compreende o outro ou é sempre dura e crítica com a gente mesma?
    Tá na hora de parar de se olhar no espelho e só enxergar defeitos, de parar de se colocar pra baixo e dizer que você nunca vai ser alguém ou que seus projetos não darão certo.
    A sociedade nos bombardeia o tempo inteiro com padrões irreais de perfeição, com propagandas onde pessoas perfeitas com a vida perfeita alcançaram o sucesso e nos faz pensar que nunca vamos conseguir. Esse sistema é criado pra nos fazer estar sempre insatisfeitas com o que somos. Nos comparamos, comparamos nossa vida, nosso trabalho e até nossos relacionamentos. Dizemos para nós mesmas que a vida do outro é sempre melhor e que nunca seremos felizes. Tão duro isso, né?! Por que não nos dar um tempo? Ser menos rígidas com a gente? Por que não olhar pro espelho procurando o que temos de bom ao invés de só enxergar defeitos? Por que não buscar formas de conseguir seus objetivos ao invés de simplesmente dizer que não darão certo?
    Por que não acreditar em você tanto como acredita nos outros? Se ninguém acredita em você, porque não ser você a primeira a acreditar em si mesma? Se ninguém diz que você está linda, porque não ser você a primeira a se dizer isso?
    nao-deveria-falar
    Se culpe menos, pare de falar coisas ruins pra você o tempo inteiro. Nosso cérebro é condicionado por nossas crenças, por aquilo que falamos e acreditamos, e quando repetimos coisas ruins ou erradas sobre nós o tempo inteiro é a isso que estamos condicionando nosso cérebro.
    Então vamos ser mais legais com a gente mesma, mais nossas amigas do que inimigas, reconhecer o que temos de bom e valorizar isso tanto como valorizamos os outros. Acredite em você assim como acredita em sua amiga! 
    Share
  • Você também pode gostar de:

    No Comments

    Comenta aí! ;)